Perdeu o agendamento da sua vacinação contra Covid-19? Saiba o que fazer

FOTO: DIVULGAÇÃO

Você está cadastrado para a vacinação no Ceará e perdeu a primeira ou a segunda dose da vacina? Saiba que ainda é possível ser vacinado ou vacinada mediante algumas regras. Importante ressaltar que, para receber as doses e constar nas listas de vacinação, o cadastro no site Saúde Digital é obrigatório. Cada município tem suas regras próprias sobre repescagem de imunização.

O Ceará começou a vacinar a população contra a Covid-19 no dia 18 de janeiro deste ano. De lá pra cá, foram aplicadas 5.753.388 doses de vacina contra Covid-19, sendo 3.994.562 primeiras doses (D1), 1.608.790 segundas doses (D2) e 150.036 doses únicas.

A Defensoria Pública do Ceará (DPCE), que integra o Pacto Estadual contra o Coronavírus ao lado de diversas instituições, reforça a importância de a população tomar as doses recomendadas pelas autoridades sanitárias e de saúde. Só assim, poderemos reduzir os números da pandemia, que já vitimou mais de 23,6 mil pessoas no estado e registrou mais de 560 mil mortes no Brasil.

Em Fortaleza, pessoas a partir de 40 anos podem ir aos pontos de vacinação contra Covid-19 para receber a primeira dose (a chamada D1) sem que seja necessário agendamento. É necessário ficar atento à divulgação dos dias e locais nos quais as primeiras doses estão sendo aplicadas. Quem perdeu a data e tem menos de 40 anos, deve esperar a repescagem, divulgada no site da Prefeitura de Fortaleza.

Pessoas que faltaram à D1 da vacina porque estavam com diagnóstico de Covid-19, em viagem a trabalho ou que haviam tomado a vacina contra a gripe H1N1 não precisam esperar a repescagem.

Já quem perdeu a data da segunda dose (a D2) pode ir aos pontos de vacinação antiCovid nos dias e locais em que as doses estão sendo administradas. Se você está na data limite para a segunda dose (aquela indicada no seu cartão de vacinação), pode ir aos pontos para receber a D2. É necessário ficar atento às informações divulgadas no site da Prefeitura https://fortaleza.ce.gov.br/ e do Governo do Estado https://vacinacaocovid.saude.ce.gov.br/.

A Prefeitura lembra que, ao comparecer ao centro de vacinação, é necessário apresentar documento de identidade com foto, CPF, Cartão Nacional de Saúde (CNS) e comprovante de residência. No caso de segunda dose, levar também o cartão de vacinação.

As listas com a relação de agendamentos ficam disponíveis no site https://coronavirus.fortaleza.ce.gov.br. Também é possível realizar a consulta no site https://vacineja.sepog.fortaleza.ce.gov.br.

“É importante tomar a dose de reforço da vacina contra Covid-19, quando existe a previsão, porque a eficácia do imunizante foi comprovada a partir de análises realizadas com as duas aplicações”, defende a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A defensora pública Aline Marinho reforça a importância de que a população se vacine com as duas doses. “Sabemos que inúmeras doenças graves praticamente desapareceram graças às vacinas. Por isso, é tão importante mantermos nossa caderneta de vacinação sempre atualizada”, contextualiza.

“Estamos vivendo dias turbulentos. Uma pandemia que ficará para a história. Além de nos cuidarmos usando máscaras e evitando saídas desnecessárias,  a vacina é mais uma das nossas armas para vencermos essa doença.  Optar por tomar a vacina é muito mais do que cuidar só de si;  é proteger o seu próximo,  pois você estando saudável não contamina ninguém. Então, vamos agradecer ao SUS, que disponibiliza a vacina, e exercer nosso direito de cidadão, fazendo o cadastro e comparecendo ao posto de vacinação”, reforça a defensora pública.

O defensor público Airton Jorge reforça que a vacina é uma conquista importante da humanidade, trazendo “esperança em meio a esse quadro de tristeza, em que diariamente se observam incontáveis tragédias familiares pela perda de entes queridos”. Para ele, é necessário que a população se conscientize acerca da relevância de se vacinar não só em benefício da própria saúde como também para resguardar a saúde de toda a população.

“A conscientização coletiva deve se pautar, sobretudo, pela observância das recomendações da ciência, inclusive no que diz respeito ao cumprimento das cautelas do distanciamento social enquanto ainda houver risco para a coletividade. Somente assim poderemos superar esse momento difícil e olhar para o futuro com a expectativa de que haja um verdadeiro progresso social e humanitário”, orienta.

Serviço

Moro em Fortaleza e perdi o dia da vacina. E agora?

Dose 1:

A partir de 40 anos, a pessoa que estiver cadastrada no Saúde Digital, pode ir os pontos de vacinação contra Covid divulgados pela Prefeitura;

Quem tem menos de 40 anos deve esperar a repescagem;

Quem não precisa esperar a repescagem: pessoas que faltaram à data da vacina porque estavam com diagnóstico de Covid-19, em viagem a trabalho ou que haviam tomado a vacina contra a gripe.

Dose 2:

A pessoa deve ir aos pontos de vacinação contra Covid-19 se foi chamada e não pode ir no dia ou se está na data limite que aparece no cartão de vacina.

*Checar informações de locais e dias de aplicação em  https://fortaleza.ce.gov.br/ e https://vacinacaocovid.saude.ce.gov.br/.

*Cada município tem suas próprias regras sobre vacinação de quem perdeu a data. Confira com a Secretaria de Saúde da sua cidade.

*Defensoria Pública do Ceará

Leia também



barbalha 24.jan-2022

Enquete

Este ano haverá eleições. Qual deve ser a prioridade dos candidatos a Presidente e a Governador?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Copyright Site Caririceara. Todos os direitos reservados. ©2012 —2022