Pernambucano acusado de matar uma pessoa em seu estado origem é morto a bala em Brejo Santo.

Rabecão - Pernambucano acusado de matar uma pessoa em seu estado origem é morto a bala em Brejo Santo. Foto_Agência Caririceara.com

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Arquivo/Caririceara

O agricultor pernambucano do município de São José do Belmonte, Cicero Francisco da Silva, 35 anos, que era mais conhecido por “Nelson” e morava na Vila Lagoa do Mato, próximo à entrada do Sítio Germana, zona rural de Brejo Santo-CE, foi assassinado a tiros por volta das 17 horas desta sexta-feira (21). O crime aconteceu nas imediações da lombada eletrônica da vila Ceru na CE 397.

Testemunhas disseram a polícia, que a vítima caminhava na companhia de familiares, quando foi surpreendida por dois indivíduos desconhecidos ocupantes de uma motocicleta de cor preta e demais características não anotadas, ambos usando capacetes ocasião em que o garupeiro efetuou cerca cinco disparos de arma de fogo contra a mesma. Nelson morreu no local enquanto a dupla acusada empreendia fuga rumo a BR 116.

A CIOPS Brejo Santo informou em seu boletim enviado a imprensa, que consulta ao Sistema de Informações Policiais, constatou que a vítima respondia na justiça pernambucana a inquérito por um homicídio cometido na cidade de São José do Belmonte/PE. A polícia apurou que Nelson estava residindo em Brejo Santo há aproximadamente cinco anos. Diligencias foram efetuadas no intuito de identificar e prender os acusados, mas sem êxito.

Homem destrói os moveis em casa e ainda agredi esposa a marreta

BREJO SANTO Nesta sexta-feira (21) por volta das 11h20min, na casa de número 249, da Rua Joaquim Inácio de Lucena, Bairro São Francisco, Brejo Santo/CE, foi preso por Infração a Lei Maria da Penha, Lesão Corporal, Resistência e Ameaça o comerciário Francisco Tenório da Silva, 52 anos, residente no local.

A ação policial ocorreu após a PM receber a informações de que o acusado teria destruído diversos móveis de sua residência, além de lesionar com uma marreta a cabeça a sua esposa, a lavadeira de roupas, Maria Jordão da Silva, 51 anos. No Sistema S.I.P. consta que a mulher já havia sido vítima nos artigos 129 e 147 do C.P.B.

Segundo a polícia, ao ser abordado pelos policiais, Francisco fez diversas ameaças e proferiu palavras de baixo calão a esposa do mesmo, e ainda resistiu a prisão sendo necessários os militares fazerem o uso da força para poder algema-lo, momento este, que a filha do casal a comerciária, Juliana Tenório da Silva, 31 anos, residente na Rua Prefeito José Jacinto de Araújo, 462, Bairro Emboque, Brejo Santo/CE, buscou impedir a ação dos policiais, sendo também conduzida, juntamente com o pai, para DRPC de Brejo Santo/CE onde foram tomadas todas as medidas cabíveis.

©Todos direitos reservados a Caririceara.com. Este material não pode ser replicado na internet, sem autorização por escrito sob pena, de punição de acordo a Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.

Leia também



PATOM

Enquete