Pesquisadores da URCA realizam primeira escavação controlada na Formação Crato, em Nova Olinda

escavacaopaleontoformacaocrato  (2)

Estudantes ou curiosos podem acompanhar de perto as pesquisas.

Pesquisadores da Universidade Regional do Cariri (URCA) realizam desde a semana passada a primeira escavação paleontológica controlada já realizada na Formação Crato, em calcário laminado, localizado na cidade de Nova Olinda. A escavação é parte do projeto de pesquisa “Análise quanti-qualitativa dos fósseis do calcário laminado da Formação Crato” e é financiada pela Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP0

escavacaopaleontoformacaocrato  (1)A equipe, liderada pelo chefe do Laboratório de Paleontologia da URCA (LPU), professor Álamo Feitosa, composta de 05 pesquisadores e 12 alunos, trabalha na descoberta de níveis fossilíferos, de novas espécies de animais e plantas para serem estudados, além de novos espécimes que serão expostos no Museu de Paleontologia da URCA, em Santana do Cariri, e ficarão à disposição da comunidade científica.

O objetivo desse trabalho, de acordo com o professor Álamo, é divulgar a Paleontologia do local e criar o sentido da preservação do patrimônio natural da região. Segundo ele, a pesquisa procura ainda encontrar marcos estratigráficos dentro do pacote de calcário laminado da Formação Crato. Níveis estratigráficos são superfícies que tenham ou não mortandades e que podem identificar a temperatura ambiental, a qualidade da água da época dessa mortandade, para comparar com o ambiente atual.

No calcário laminado, conhecido popularmente como “pedra cariri”, já foram encontrados fósseis de pterossauros, tartarugas, lagartos, peixes, insetos e plantas de 120 milhões de anos, muitos deles expostos no Museu de Paleontologia da URCA.

Um novo olhar

Essa escavação tem uma peculiaridade: ela está sendo aberta ao público. Desde que começou, já recebeu alunos de escolas do Ensino Médio e Fundamental do Cariri e curiosos. Interessados em conhecer o trabalho dos paleontólogos e os fósseis devem entrar em contato pelo telefone (88) 9 9625.7916 para agendar uma visita.

Com informações e fotos do site da URCA

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-06-20 at 16.09.29

Enquete