ESTUDO: Asma e alergias alimentares poderão acabar

Pesquisadores dos Estados Unidos criaram um tratamento à base de nanopartículas que pode ditar o fim da asma e das alergias alimentares

O fim da asma e das alergias alimentares pode estar mais próximo do que o esperado. Após anos de estudos científicos, uma equipe da Escola de Medicina da Universidade de Northwestern desenvolveu uma nanopartícula biodegradável que oculta um alérgeno em uma ‘película’ amiga, de forma a que o sistema imunitário não faça soar os sinais de alarme.

Mais concretamente, quando a nanopartícula carregada com o alérgeno é injetada na corrente sanguínea, esta substância não é reconhecida como um perigo pelo sistema imunitário, que só o ‘vê’ como um resíduo inofensivo.

Esta nanopartícula não só elimina a reação alérgica, como limpa as vias respiratórias a longo prazo, impedindo a ocorrência de ataques de asma, por exemplo. Mas esta criação é igualmente eficaz no tratamento de alergias alimentares, que podem ter também consequências respiratórias, diz a reportagem do The Guardian.

Stephen Miller, professor de Microbiologia Imunológica e mentor do estudo, se mostra confiante com a conclusão alcançada: “Os resultados representam uma maneira nova, segura e eficaz a largo prazo de tratar e, potencialmente, curar os pacientes com problemas nas vias respiratórias e alergias alimentares”. Para o investigador, a criação da nanopartícula pode ainda ditar o fim do uso de inaladores e fármacos para problemas nas vias respiratórias.

O estudo foi publicado na Proceedings of the National Academy of Sciences e teve por base um estudo feito em ratos de laboratório, que foram colocados à mercê de uma reação alérgica a ovo

POR Notícias ao Minuto

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Eleitorado nas urnas: você é a favor do voto impresso?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados