PF cumpre mandados contra empresário por ameaçar fiscais que o incluíram na ‘lista suja’ do trabalho escravo

Os mandados ocorrem na cidade de Caucaia. A ameaça ocorreu na sede da Procuradoria Geral do Trabalho em Fortaleza.  Foto: Ilustração

Um empresário é alvo de uma operação de uma operação da Polícia Federal nesta quinta-feira (4) por ameaçar auditores auditores-fiscais do trabalho no Ceará. Os policiais federais cumprem três mandados de busca e apreensão na cidade de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza.

A Polícia Federal iniciou investigações após o empresário ameaçar auditores-fiscais do trabalho que haviam fiscalizado sua atividade econômica. A ameaça ocorreu na sede da Procuradoria Geral do Trabalho, em Fortaleza, após o empresário ter sido incluído na ‘lista suja’ do trabalho escravo, que reúne investigados que tenham submetido trabalhadores a condições análogas à de escravo.

Além dos mandados de busca e apreensão, a Justiça Federal proibiu o suspeito de se comunicar ou se aproximar dos auditores, das sedes de órgãos públicos de fiscalização do trabalho e do Ministério Público do Trabalho, sob pena de prisão. O nome do investigado não foi divulgado.

De acordo com a Polícia Federal, o empresário será indiciado pelo crime de ameaça e pode ser condenado a um ano de detenção.

“As investigações da Operação Intimidação continuarão com a análise do material apreendido e a apuração do possível envolvimento de outras pessoas”, informou a PF.

*Conteúdo “G1 CE

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados