PM prende suspeito de participar na execução de desempregado morto a tiros no Barro Branco em Crato

Raio_Viatura - Divulgação

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Reprodução/WhatsApp

Em continuidade as diligencias em torno do crime de execução sumária ocorrido, por volta das 23h20min desta sexta-feira (07), em que foi vítima o desempregado Caio Victor Alves de Oliveira, 23 anos, executado a tiros no interior do banheiro da casa onde morava no Conjunto Minha Casa Minha Vida II, Quadra U, 262, Bairro Nossa Senhora Fátima (o Barro Branco), na cidade de Crato a policia militar efetuou neste sábado (08) por volta das 14 horas, à prisão de um dos suspeitos de participação no ato criminoso. O suposto acusado identificado por, Luís Lucas Sousa Barbosa, 19 anos, foi preso em sua em sua residência na rua Francisca Piancó, 68P conjunto Vitória nossa Seminário Crato.

Segundo a Ciops Crato quando menor, Luís Lucas respondeu tráfico de drogas. De acordo com os militares que atenderam a ocorrência, de posse dele foram apreendidos 1 Kg de maconha prensada e 100 gramas de cocaína, que junto com ele foram apresentados ao Delegado plantonista na 19ª Delegacia Regional de Policial Civil do Crato.

A polícia apurou que no dia do homicídio, três indivíduos desconhecidos e encapuzados chegaram em frente a casa da vítima em um carro modelo Hillux de cor branca e placa não anotada quebraram a porta do imóvel e perseguiram Caio Victor até ao interior do banheiro e efetuaram cincos disparos de arma de fogo, um no crânio parte frontal, outro na perna esquerda “coxa”, outro no braço esquerdo altura da clavícula, um no tórax e outro no abdômen.

O delegado de plantão na 19ª DRPC do Crato, Dr. Denis Leonardo este junto com a equipe do rabecão da perícia forense, adotado os devidos procedimentos, inclusive apreendendo duas cápsulas de calibre ponto 45 de uso restrito que estavam próximo a residência onde ocorreu o óbito

Homicídio no Barro

BARRO. Na quinta-feira (06), o usuário de drogas acometido de transtornos mentais “esquizofrenia”, John Charles Alves Feitosa, 32 anos que residia na Rua Monsenhor Vicente Bezerra, Distrito de Iara morreu por volta das 16h30min, em frente a residência de sua curadora, Claudia Maria Feitosa da Silva, na Rua Jose Rodrigues Lacerda, 276, Jardim Raimundo Inácio.

Segundo populares um veiculo Fiat Uno de cor Vermelha, e de dentro do carro indivíduos não identificados efetuaram vários contra em direção vítima, vindo a atingir está fogo na região do tórax que teve imediata. Policiais do Destacamento do Barro/CE estiveram no local, sob o comando Sargento J. Marcos, os quais tomaram todas as medidas cabíveis.

A republicação é gratuita desde que citada a fonte.

Leia também



PATOM

Enquete