PM suspeito de homicídio é preso em Barbalha; crime aconteceu em outubro de 2021 em Aiuaba

Viatura da Polícia Civil do Crato

Sargento PM, Antonio Bernardo da Silva Filho foi preso pela Polícia Civil em cumprimento a mandado de prisão preventiva. Ele é suspeito de participação no homicídio que vitimou o topiqueiro Ângelo de Araújo Andrade morto a tiros em Aiuaba.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Arquivo/ Caririceara.com

Um policial militar foi preso neste domingo (15), em Barbalha, numa ação conjunta de agentes da policia civil de Tauá e da regional do Crato através da Operação Pronto Apoio da Policia Civil. O Sargento PM, Antonio Bernardo da Silva Filho é acusado de participação no homicídio que vitimou o topiqueiro, Ângelo de Araújo Andrade morto a tiros em Aiuaba.

Ângelo de Araújo Andrade morto a tiros no dia 19 de outubro de 2021, em Aiuaba. Foto: Redes sociais/Reprodução

O crime ocorreu, na manhã da terça-feira (19) de outubro de 2021. A vítima trabalhava em uma van de transporte alternativo, na linha Aiuaba -Tauá quando foi atingida por disparos de arma de fogo. Ângelo estava a bordo do veículo na saída da cidade de Aiuaba, e se deslocava para Tauá transportando passageiros.

Naquela ocasião, testemunhas afirmaram ao policiamento que atendeu ocorrência, que dois homens acenaram para o motorista que ao parar o veiculo, acabou baleado morrendo no local, enquanto os criminosos empreenderam fuga para lugar ignorado. Após trabalho investigado da delegacia Regional de Policia Civil de Tauá, o Sargento Bernardo foi identificado como um dos autores do homicídio de Ângelo de Araújo Andrade e o delegado que preside o inquérito representou junto ao poder judiciário pela prisão preventiva do militar que foi deferida pela justiça.

SAIBA MAIS

De posse da determinação judicial agentes da policia civil de Tauá e da regional do Crato localizaram o PM na residência dele na cidade de Barbalha, e deram cumprimento ao mandado de prisão preventiva. Segundo os policiais civis que atenderam a ocorrência, no momento da abordagem, Antonio Bernardo tentou esconder dois aparelhos de telefonia celular, mas sem êxito. Após sua prisão, ele foi encaminhado ao presídio militar em Fortaleza ficando a disposição do poder judiciário.

Reprodução autorizada mediante citação da Agência Caririceara

Leia também



WhatsApp Image 2022-06-20 at 16.09.29

Enquete