Polícia ambiental do cariri realiza apreensões de armas, munições, medicamentos, maconha e pássaros silvestres região.

A Ação policial se estendeu aos municípios de Missão Velha e Mauriti. Fotos: Policia Ambiental do Cariri

Policiais da 4ªCIA/BPMA do cariri realizaram nesta quarta-feira (18), em dois municípios da região apreensões de armas, munições, medicamentos,  maconha e pássaros silvestres  durante em fiscalizações no intuito de combater crimes ambientais. Por volta das 11h00, no Sítio Tapera, no municipio de Missão Velha  os militares efetuaram a prisão do agricultor Jesualdo Dantas de Figueiredo, 54 anos. De acordo com os policiais que atenderam a ocorrência, na residência do acusado foram apreendidos duas espingardas, um calibre 36 e outra de fabricação artesanal; três cartuchos calibre36, carregados; onze recipientes contendo pólvora; quatro contendo  chumbo e três  com espoletas, além de pássaros, um  abre-fecha; um sabiá; dois galos da campina; três Azulões e onze Canários da terra.

Uma hora e meia depois no Distrito de Missão Nova, também em Missão Velha o profissional autônomo. Germano Rolim, 44 anos foi preso em sua residência  de posse de uma  espingarda calibre 28, cinco gramas de maconha; um Papagaio; um  Trinca ferro; dois galos da campina; um azulão; três golas; três  bicos de prata; dois caretas; dois  caboclos lindos; um  curió e um Pintassilgo.

No municipio de Mauriti por volta das 16h40, no Sítio Maraíbas, o agricultor,  Pedro Félix da Silva, 40 anos foi preso em casa ao ser flagrado de posse uma  Espingarda calibre 32; dezoito cartuchos do mesmo calibre todos carregados além outros quatro calibre 32, vazios.

Já por volta das 17h40min, no Supermercado Santana que funciona no Distrito de Umburanas, ainda em Mauriti o comerciante Manoel Messias Felipe Santana, 51 anos, foi preso em seu estabelecimento comercial aonde o policiamento ambiental apreendeu   seis  sacos com carvão vegetal; seis  botijões com gás butano; cinquenta e três unidades  de fogos de artifícios; e aproximadamente 1.400 unidades de diversos medicamentos comercializados de forma irregular.

Os quatro acusados junto com os produtos apreendidos  foram apresentados na delegacia de policia civil aonde foram devidamente autuados em flagrante delito.  Contra Jesualdo  foi instaurado por infração ao artigo 12 do Estatuto do Desarmamento e ao Artigo 29, § 1, inc. III da Lei 9.605/98 (Lei dos crimes ambientais); Germano Rolim foi autuado na Lei dos crimes ambientais, bem como na lei de Entorpecentes;  contra Pedro Félix foi instaurado inquerito com base n Estatuto do Desarmamento; e Manoel Messias  foi autuado por comercialização irregular de medicamento e crimes ambiental.

Redação/Agência Caririceara.com

 

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Você acha que motoristas alcoolizados devem ser considerados criminosos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados