Polícia Civil cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão em Aurora e no Barro

Um acusado de crime sexual, um por receptação culposa e outro por descumprimento de regras da lei de execução penal, foram conduzidos a Delegacia Municipal de Polícia Civil de Aurora.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Arquivo/ Caririceara.com

Dois maiores de idade foram presos e um menor apreendido numa operação da Polícia Civil desencadeada nesta quinta-feira (11), em Aurora e Barro na região do cariri. A ação teve a coordenação do delegado titular da Delegacia aurorense, Dr. Paulo Hernesto Pereira Tavares que responde pela polícia judiciária nos dois municípios.

Em Aurora, o adolescente suspeito de crime sexual, A.S.B., de 16 anos foi apreendido para medidas socioeducativas expedido pelo juiz titular da Comarca local, Dr. João Pimentel Brito. A apreensão ocorreu no Sítio Catingueira. Horas depois, Francisco Anderson da Silva Santos foi preso por receptação culposa de um aparelho celular produto de roubo praticado na zona rural de Ipaumirim, na região Centro-Sul do Ceará. Segundo o delegado Paulo Hernesto, no momento da prisão Anderson se comprometeu a assinar termo de compromisso para comparecimento de juízo.

Em ato continuo, os policiais civis localizaram uma motocicleta Honda, modelo Titan de cor preta utilizada num roubo ao restaurante do Sinal que funciona, em Aurora, elucidando assim, o crime praticado naquele estabelecimento. O proprietário do veículo já havia sido reconhecido pelas vítimas como o autor do ato delituoso. O homem foi apresentado a autoridade policial para a adoção das medidas cabíveis. Após a conclusão, o inquérito foi remetido ao Poder Judiciário de Aurora.

Já no município do Barro, João Batista do Nascimento Filho, de 33 anos, foi preso por descumprimento de regras da lei de execução penal, monitoramento eletrônico. Ele foi capturado na Avenida Manoel Cardoso (a conhecida Avenida da Rampa), no Distrito de Iara. João Batista possui em seu desfavor, um mandado de prisão preventiva expedito pelo juiz Luzinaldo Alexandre da Silva, titular daquela Comarca.

Denúncias

O delegado de Polícia Civil de Aurora e Barro ressalta que a população pode contribuir repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais na região. As denúncias podem ser feitas pelo telefone (88) 3543-1832, da Delegacia Municipal de Aurora. Um número de WhatsApp também está disponível: (88) 98101-2001. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Reprodução autorizada mediante citação da Agência Caririceara

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados