Polícia Civil prende homem investigado por estupro vulnerável em Crato

João Leite de Araujo Neto utilizava-se de adolescentes para atrair mais vítimas e, em troca, oferecia dinheiro, drogas, passeios e outras vantagens aos menores, diz a polícia. Foto: Redes sociais
João Leite de Araujo Neto utilizava-se de adolescentes para atrair mais vítimas e, em troca, oferecia dinheiro, drogas, passeios e outras vantagens aos menores, diz a polícia. Foto: Redes sociais

Prisão ocorreu na manhã deste domingo (8), em cumprimento de mandados de prisão e busca apreensão, expedido pelo juízo da 1ª Vara Criminal de Crato.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Foto: Redes sociais

Um homem identificado como, João Leite de Araújo Neto foi preso na manhã deste domingo (08), em Crato por suspeita de estupro vulnerável. A prisão ocorreu no decorrer da Operação Pronto Apoio, coordenada pelo Departamento de Polícia Judiciária do Interior Sul (DPJI-Sul)

Policiais Civis da Delegacia Regional de Crato-CE, cumpriram mandado de prisão preventiva em desfavor do investigado, oportunidade em que também foi dado cumprimento a mandado de busca e apreensão na residência do mesmo.

De acordo com Polícia Civil, investigações dão conta de que no dia 21 de agosto de 2021, o acusado teria abusado sexualmente de um adolescente, na época, menor de 14 anos, fato que teria sido filmado por amigos da vítima. Naquele fatídico dia, João Leite ofereceu dinheiro e maconha ao menor, a fim de satisfazer sua lascívia. Dias depois, o investigado tentou fazer a mesma coisa com um amigo da vítima, mas foi impedido pela própria vítima.

Ainda segundo a Polícia Civil, o investigado utilizava-se de outros adolescentes para atrair mais vítimas e, em troca, oferecia dinheiro, drogas, passeios e outras vantagens aos menores.

Realizadas as investigações que apontaram todos os elementos dos crimes, representou-se pela prisão preventiva de João Leite. Medida que foi prontamente deferida pelo juízo da 1ª Vara Criminal de Crato. Na manhã de hoje, agentes da Polícia Civil seguiram para a residência do investigado e realizaram sua prisão, além de apreenderem o aparelho celular do homem, que estranhamente apagava todas as conversas e se desfez antecipadamente de outros aparelhos eletrônicos.

O investigado foi preso e conduzido à 19ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Crato e será recolhido na Cadeia Pública de Juazeiro do Norte, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil salienta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número (88) 3102 1285 que é o telefone da Delegacia Regional de CRATO-CE, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem de áudio, texto e vídeo. O sigilo e o anonimato são garantidos

Reprodução autorizada mediante citação da Agência Caririceara

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-07-28 at 08.57.10

Enquete