Polícia de Assaré apreende caminhão com 80 caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Fotos: Reprodução/WhatsApp

Quatro homens foram presos no final da noite desta terça-feira (07), em Assaré-CE acusados de envolvimento em descaminho de cigarros contrabandeados do Paraguai. A ação policial teve início por volta das 23h00min, na Rua Tenente Moacir Freire quando o serviço de patrulhamento ostensivo da polícia militar fez uma abordagem aos ocupantes de um caminhão-baú, cor azul de placas JFQ-3758, inscrição de Imperatriz/MA dirigido pelo motorista, Jair Raimundo Filho, vulgo, “Mamá” residente na Avenida Castelo Branco, 1282, na cidade de Caxias/MA.

De acordo com o Sargento Bandeira que esteve a frente da operação policial, o ajudante do motorista, Lucival Rodrigues de Moura, 47 anos, residente na Rua Acrisio Cruz, 1200, Centro de Caxias/MA relatou que estavam vindo do Maranhão para pegar a “mudança” de um homem, mas que já haviam feito contato telefônico e que o mesmo já estava se dirigindo para o local. Diante das suspeitas, o policiamento resolveu monitorar o percurso do veículo, momento em que chegou um Fiat Uno com dois ocupantes, o confeiteiro Francisco Dias Alcântara Filho, 54 anos, residente na Rua Vereador Jaime Monte, 965, bairro Tabuleiro; e o comerciante Leonardo Ferreira Leite Filho, 37 anos, que mora na Rua Chiquinho Pereira, 270, bairro Coruja, ambos em Assaré.

O caminhão juntamente com o automóvel rumaram com destino a rodovia que liga Assaré a Cidade de Tarrafas, para em seguida acessarem uma estrada carroçável até o sítio Barreiro em Assaré onde ocorreu nova abordagem feita pela PM. Na ocasião os suspeitos se contradisseram e acabaram conduzidos pelos militares juntamente com os veículos a zona urbana onde os policiais constataram haver um “fundo falso” no caminhão que era ocultado por várias caixas plásticas vazias além de 80 caixas de cigarros produzidos no Paraguai.

Ainda segundo os militares, um dos ocupantes do caminhão resolveu revelar que aquela mercadoria era produto de contrabando/descaminho e que trabalhavam para um homem conhecido por “Alexandre” residentes nas cidades de Imperatriz e Caxias no estado do Maranhão, acrescentado que seu patrão é o dono do veiculo, asseverando ainda que a pessoa conhecida por “Assaré”, Francisco dias Alcântara Filho seria a indicada por seu patrão como comprador da mercadoria.

Durante a abordagem os militares apreenderem em poder do ajudante do motorista uma quantia em dinheiro de R$ 1.260,00. Os envolvidos juntamente com os produtos da apreensão foram conduzidos a Delegacia Municipal de Polícia Civil de Assaré, para adoção das medidas legais pertinentes ao caso.

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados