Polícia Federal deflagra operação de combate à exploração sexual infantojuvenil na internet no interior do Ceará

FOTO: POLÍCIA FEDERAL DO CEARÁ/DIVULGAÇÃO
FOTO: POLÍCIA FEDERAL DO CEARÁ/DIVULGAÇÃO

Busca tem como objetivo interromper as práticas ilícitas e apreender celulares, documentos e outras mídias para instrução de Inquérito Policial e detalhamento da atuação do suspeito do crime investigado.

A Polícia Federal deflagrou a operação policial TEPT, na manhã desta quinta-feira (22), com o objetivo de interromper a produção, armazenamento e compartilhamento de arquivos de abusos sexuais de crianças e adolescentes por meio da Internet.

Seis policiais federais cumprem um Mandado de Busca e Apreensão expedido pela Justiça Federal, em domicílio investigado na cidade de Maranguape/CE. A busca tem como objetivo interromper as práticas ilícitas e apreender celulares, documentos e outras mídias para instrução de Inquérito Policial e detalhamento da atuação do suspeito do crime investigado.

As investigações foram iniciadas em 2021, a partir de notícia anônima que apontava envio de imagens contando pornografia infantil em grupo de aplicativo de comunicação na Internet. As investigações da PF identificaram o endereço do suspeito em Maranguape/CE.

O investigado poderá responder pelo cometimento, em tese, dos crimes de armazenamento e difusão de material pornográfico envolvendo criança ou adolescente, sem prejuízo da descoberta de outros crimes mais graves praticados em detrimento de vulneráveis. As investigações continuam com análise do material apreendido. O nome da operação remete ao transtorno de estresse pós-traumático, uma das consequências da exploração sexual infantil, com rememoração do evento traumático e pesadelos por toda a vida.

Reprodução autorizada mediante citação da Agência Caririceara

Leia também



PATOM

Enquete