Prazo para vacinação do rebanho contra Febre Aftosa se encerra dia 30 de novembro

Os criadores cearenses devem ficar atentos ao prazo de encerramento da segunda etapa de Vacinação contra Febre Aftosa 2021, que acontece no próximo dia 30. Nesta etapa, apenas os bovinos e bubalinos de até 24 meses devem ser vacinados. A Agência de Defesa Agropecuária do Ceará (Adagri), vinculada da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), responsável pela Campanha, também reforça que a declaração da vacinação junto à Agência se encerra no dia 15 de dezembro.

A declaração pode ser feita acessando o site da Agência (www.adagri.ce.gov.br) ou no Portal do Produtor, sem a necessidade de deslocamento até o órgão. “Não havendo essa possibilidade, o criador deve se dirigir a um Núcleo Local da Adagri ou a um dos escritórios parceiros em seu município”, explica o Diretor de Inspeção e Fiscalização da Adagri, Amorim Sobreira. “Os escritórios da Agência estão funcionando normalmente, das 08 horas às 17 horas, para atender quem não puder declarar a vacinação por meio eletrônico”, completa o Diretor.

São parceiros da Campanha a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (FAEC/Senar), Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece) e Secretarias de Agricultura municipais.

O coordenador do Programa de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa da Adagri, Joaquim Barros, também reforça a necessidade da vacinação dentro do prazo estabelecido, para evitar que o criador fique inadimplente junto à Agência e também seja multado. “Pedimos a atenção do criador em não deixar para vacinar na última hora. A Adagri está fazendo sua parte, para que em breve não seja mais necessário a vacinação. E vocês também precisam fazer a parte de vocês, que é vacinar e declarar essa vacinação”, completa.

A Adagri vem trabalhando para que o Ceará alcance junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o status de Livre de Febre Aftosa sem Vacinação. Para isso é necessário que nas próximas campanhas o rebanho cearense seja vacinado acima de 90% por município. “Faço aqui um apelo a todos os produtores do Ceará que vacinem seu rebanho contra a Febre Aftosa. Esse status é um importante ganho para os nossos produtores que vão poder comercializar em todo o território brasileiro. Isso aquece a economia do nosso Estado. Não deixem para a última hora”, destaca a presidente da Adagri, Vilma Freire.

Para mais esclarecimentos, acesse o site da Adagri (www.adagri.ce.gov.br) ou entre em contato através do telefone: (85) 3108-2747.

*Governo do Ceará

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Você acha que motoristas alcoolizados devem ser considerados criminosos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados