Protesto contra a reforma da Previdência paralisa a BR 116, no Cariri

Protesto contra a reforma da Previdência paralisa a BR 116, no Cariri (4)

Movimentos sociais, sindicatos e paridos políticos da Região do Cariri cearense participaram dos protestos contra a reforma da Previdência proposta pelo Presidente Michel Temer, ocorridos em todo o Brasil neste dia 15 de março. A principal manifestação ocorreu na BR 116, nas proximidades do município de Brejo Santo, com o bloqueio da rodovia durante duas horas e meia, por um grupo de aproximadamente 2 mil pessoas.

Os participantes do protesto eram oriundos de vários municípios da Região do Cariri, com grande presença de trabalhadores rurais indignados com os prejuízos que a PEC 248 representa para a aposentadoria da categoria. Mas no meio dos manifestantes estavam trabalhadores urbanos como bancários, comerciários, professores, estudantes e servidores públicos de várias categorias.

A paralisação do trânsito foi responsável por formar uma fila de carros que chegou a atingir mais de 5 quilômetros para cada sentido da BR 116. Mesmo com o transtorno de quem teve que esperar o desbloqueio às 11 horas e trinta minutos, não foi registrado nenhum incidente.

Ao final dos pronunciamentos e das palavras de ordem durante o ato, as entidades organizadoras da manifestação que integram a Frente Brasil Popular no Cariri, anunciaram que novos protestos serão marcados para barrar as reformas do governo federal que retiram direitos dos trabalhadores.

Leia também



PATOM

Enquete