PSL de Santana do Cariri vai pedir expulsão de vereador acusado de traição e a impugnação da chapa da oposição

Gildo Lopes  vereador de Santana do Cariri

Amaury Alencar/Agência Caririceara.com
Foto: Divulgação

A direção do Partido Socialista Liberal (PSL) em Santana do Cariri promete reagir diante o ato de traição do vereador Gildo Lopes (PSL), que deixou a base de apoio à prefeita Danieli Machado e candidato à presidência da Câmara Municipal pela oposição. A eleição será neste domingo, dia 1º de janeiro.

Nesta sexta-feira (30), o PSL deliberou pelo ato de expulsão de Gildo Lopes, devido o mandato pertencer ao partido e não ao candidato eleito, conforme a legislação eleitoral em vigor. Em seu lugar poderá assumir o suplente Ivanildo Santos.

O PSL também entrou na Justiça com pedido de impugnação da chapa encabeçada por Gildo Lopes, que se aliou a oposição em troca da indicação para presidência da mesa diretora. Coma traição, a oposição passa a ter 6 dos 5 vereadores da câmara. O atual presidente do poder legislativo santanense, vereador Fernando Maia é candidato a reeleição pela base de apoio à prefeita Danieli Machado

Leia também



PATOM

Enquete