Quase 40 mil eleitores estão aptos a biometria em Barbalha

biometria  Foto Google Divulgacao

Por parte da 31ª Zona Eleitoral de Barbalha está tudo pronto e o processo democrático de votação começa agora as 08h00, o eleitor vai a sua sessão exercer a sua cidadania através do voto escolher seus candidatos a prefeito e a vereador. É importante levar o título de eleitor e um documento de identificação para validar corretamente o seu ato brasileiro nas eleições de 2016.

Em Barbalha pela primeira vez a votação será através do processo biométrico, conforme as informações da 31ª Zona Eleitoral, no território barbalhense estão instaladas 127 urnas, são 144 sessões, 39 locais, e estão aptos ao voto 39.501 eleitores.

Na presidência dos trabalhos o juiz Dr. Leonardo Afonso Franco de Freitas, no Ministério Público tem de plantão o promotor eleitoral, Dr. Francisco das Chagas da Silva. A justiça eleitoral de Barbalha conta com apoio das polícias federal, civil e militar. O transporte do eleitor está garantido pela municipalidade barbalhense.

Todo o trabalho da justiça eleitoral de Barbalha está fixado no Fórum Dr. Rotsenaidil Duarte Fernandes Távora, à Rua Zuca Sampaio, local de apuração dos votos para prefeito e para vereador.

Documentos para votar
Para votar, é obrigatório que o eleitor apresente um documento oficial de identificação com foto, que poderá ser, por exemplo, carteira de identidade ou identidade funcional (como a da OAB). Também são aceitos certificados de reservista, carteira de trabalho ou carteira nacional de habilitação.

Camisetas e broches
Também é liberado o uso de camiseta, bandeira, broche e adesivo no momento da votação, desde que o eleitor manifeste a sua preferência política de maneira “silenciosa”. Não é permitida a manifestação com alto-falantes e amplificadores de som.

Boca-de-urna
Quem fizer boca-de-urna, como o recrutamento de eleitores ou propaganda, poderá ser preso. A pena varia de seis meses a um ano de detenção, podendo ser trocada por prestação de serviços à comunidade, além de multa que pode chegar a quase R$ 16 mil. E neste domingo, são proibidos o uso de alto-falantes e amplificadores de som, a realização de comício ou carreata e a divulgação de qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos.

Foto: Google/Divulgação

Por: Silva Neto – Colaboração Cartório Eleitoral/DC

Leia também



PATOM
IMG-20220706-WA0003

Enquete