Romaria da Baixa Rasa reúne cerca de 1 mil fiéis em cortejo e oração

Img0_

Fé e tradição se unem para a realização dos festejos religiosos e culturais da Santa Cruz da Baixa Rasa, na sua 108ª edição este ano, na cidade do Crato. A festa contou este ano, com mais de mil participantes.

Manhã de terça-feira, 25, céu nublado, pronto para a chuva, não inibe os cavaleiros de subir a serra e vivenciar mais uma celebração pelo vaqueiro desconhecido, que mais de um centenário depois comove a todos por ter passado pelo martírio e morrido na Floresta Nacional do Araripe de fome e sede. Quando foi encontrado já era tarde, estava morto, e virou um símbolo de fé, de uma lembrança que dobrou no tempo e a história do povo do Crato e se tornou tradição.

Antes mesmo das 8h, os vaqueiros começam a chegar de gibão de couro e chapéu para seguir rumo à Baixa Rasa. Aos poucos iam se reunindo, até se tornarem centenas. Alguns com imagens de santos nas mãos exaltam a fé em nossa senhora. E seguem o cortejo com o apoio do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), forças de segurança e órgãos ambientais para ter acesso à estrada de chão batido, depois da Casa do Guarda, para seguir em direção ao lugar que se abre no meio da floresta. A clareira indica o ponto onde vão ser achadas algumas cruzes enterradas, sinal de que corpos foram sepultados há muitos anos no local. E em destaque uma delas, com uma cobertura de amianto, diversas imagens de santos com destaque para uma de Padre Cícero e Nossa Senhora.

No lugar, antes mesmo da Cavalgada chegar, já estão homens e mulheres em oração, para em seguida todos rezarem na missa anual.

A estratégia do ICMbio, com a Prefeitura Municipal do Crato, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico,Trabalho e Turismo, a Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente é trabalhar no intuito de fortalecer a festa e manter a preservação do meio ambiente e para isso foi montado um esquema para reduzir ao máximo a quantidade de veículos circulando na área. Também esteve presente a Secretaria de Serviços Públicos, porque há consumo de bebidas e comidas típicas no local dos festejos, além de toda a atenção de manter a limpeza na área de conservação .

Este ano havia a previsão de apresentação da Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto, já que a romaria à Baixa Rasa envolve também as manifestações da cultura popular.

Em mais uma edição, mesmo em tempos de pandemia, o cortejo foi considerado um sucesso. Foi mantida a exigência de cumprimento dos Decretos municipais, a exemplo do uso da máscara, higienização das mãos e as regras de distanciamento social. A missa foi encerrada ao meio-dia momento em que a maioria das pessoas que fez o percurso a cavalo, já se organiza para o retorno aos seus lares num ano de mais um dever cumprido.

Estiveram participando os secretários municipais de Urbanismo e Meio Ambiente, George Borges; dos Serviços Públicos, Tota Lobo; do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Ary Melo, o adjunto da Cultura, Wilton Dedê, além do Vice-Prefeito do Crato, André Barreto.

*ASCOM

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-07-28 at 08.57.10

Enquete