Samuel Araripe entra com ação na Justiça contra governador Camilo Santana. Mais um episodio de briga entre Crato e Governo do Estado

Samuel Araripe

O ex-prefeito do Crato, Samuel Araripe (PSDB) e atual candidato com a bandeira tucana, na reta final da campanha resolveu judicializar a disputa, a exemplo do que fez Aécio Neves em 2014, ao ser derrotado pelo PT e Dilma Rousseff.

Na oportunidade, Aécio Neves não se conteve na derrota e foi um dos responsáveis junto com PMDB e PSDB de dar um golpe na democracia. Não conseguiu no voto, vai no golpe.

Assim, em Crato, Samuel Araripe resolveu entrar com uma ação de investigação judicial eleitoral, contra o governador Camilo Santana e os candidatos José Ailton Brasil e André Barreto.

Na visão de Samuel e seus advogados, o governador Camilo Santana comete um crime ao fazer as obras que estão em andamento no Crato.

Atualmente, Camilo autorizou asfaltamento de ruas, está iniciando a estrada de Santa Fé, sem falar em outras obras já em andamento, como a conclusão do Minha Casa Minha Vida, fruto de uma parceria do Governo do Estado, Governo Federal e prefeitura.

As obras em andamento beneficiam milhares de cratenses, mas, para Samuel Araripe e seus advogados, serve apenas para conferir votos e transferir votos.

Em resumo, ninguém se beneficiar com a construção da estrada de Santa Fé, que na gestão de Samuel foi completamente abandonada. Basta lembrar que na gestão de Waltin ele fez dois quilômetros de asfalto, e depois parou. Samuel não colocou um metro de asfalto na estrada de Santa Fé durante sua gestão.

Na peça que foi dada entrada na Justiça os advogados de Samuel Araripe tentam provar que obras como a Estrada de Santa Fé tem cunho eleitoral, que Camilo faz as obras apenas para dizer que José Ailton tem crédito.

Mais ainda, que Camilo, como governador comete crime e Samuel pede que Camilo seja inviabilizado na Justiça em sua reeleição ao pedir, ao final da peça a inelegibilidade de Camilo nos próximos oito anos.

Nenhuma coincidência, mas os tucanos do Crato querem caçar a tentativa de reeleição do governador Camilo Santana, o primeiro caririense governador com o voto democrático da população cearense.

De quebra, a peça contra Camilo Santana mostra inserções nas redes socais de pessoas elogiando e falando da obra, algumas dando crédito a Camilo, a Zé Ailton, e algumas matérias de blogs e sites.

Ao entrar com uma ação desse tipo os tucanos do Crato deveriam se perguntar: “E se o juiz resolver parar as obras para que elas não influenciem na decisão do eleitorado em 2 de outubro?”. Ou então: “E se o Ministério Público Eleitoral fizesse tal pedido?”

E mais ainda “E se o juiz resolver parar as obras e isso acabar prejudicando o andamento das obras e as comunidades em que as obras são feitas”? Terá problema?”.

Acredito que nenhum juiz de sã consciência tenha a intenção de fazer isso, mas a intenção dos tucanos está nítida. O importante não é a obra ser feita para a comunidade, independente de quem seja o responsável. Para Samuel Araripe o importante é que a obra não pode ser feita porque contraria sua intenção de vencer a eleição no domingo que vem.

A falta de espírito público com o Crato, nos remete mais uma vez ao maior símbolo do tucanato no Brasil, na atualidade, o senador Aécio Neves, que preferiu fazer uma política de terra arrasada para desestabilizar o governo da presidente Dilma afim de conceber o golpe, e poder voltar por cima da carne seca.

Essa política de terra arrasada dos tucanos nem sempre dá certo. Aécio é hoje um fantasma, um político golpista sem expressão que nas pesquisas de opinião pública leva surras do ex-presidente Lula.

Ao final da peça de 18 páginas Samuel Araripe pede:

1. Instauração de ação de investigação judicial eleitoral, notificando-se os representados(…)

2. A procedência da presente ação de investigação judicial, para que ambos os representados sejam apenados com sansão de inelegibilidade para as eleições a se realizarem nos oito anos subsequentes à eleição em que se verificaram os abusos acima narrados, bem como a pena de cassação de seu registro de candidatura ou, em caso de julgamento após o pleito e em caso de eleição destes, d diploma, e por consequência do mandato, nos termos DO art. 22, inciso XIV, da Lei Complementar nº 64/90.

Vamos ao grifo nosso:

“para que ambos os representados sejam apenados com sansão de inelegibilidade para as eleições a se realizarem nos oito anos subsequentes à eleição em que se verificaram os abusos acima narrados”

Ou seja Samuel Araripe com essa ação quer caçar o direito do governador Camilo em ser candidato em 2018.

E mais ainda caçar o registro de Zé Ailton e André caso eles vençam.

Vejam o que pede Samuel:

1. A procedência da presente ação de investigação judicial, para que ambos os representados sejam apenados com sansão de inelegibilidade para as eleições a se realizarem nos oito anos subsequentes à eleição em que se verificaram os abusos acima narrados, bem como a pena de cassação de seu registro de candidatura ou, em caso de julgamento após o pleito e em caso de eleição destes, d diploma, e por consequência do mandato, nos termos DO art. 22, inciso XIV, da Lei Complementar nº 64/90.

Uma perguntinha: isso é ou não uma tentativa de golpe? Se perder no voto domingo, o que pode realmente acontecer pois a disputa está acirrada e ninguém está na frente, Samuel já lança uma investigação contra Zé Ailton e André Barreto para se precaver. Vai tentar ganhar no tapetão, mesmo perdendo no voto.

E esses tucanos ficam pousando que não são golpistas.

Só para terminar duas reflexões: o Crato precisa mesmo te rum a briga com o Governo do Estado? Em um passado recente o Crato perdeu obras por conta dessa briga. O Crato perdeu obras e muitos milhões. Basta lembrar quando Wlatin venceu e disse que se o governador quisesse viesse falar com ele que ele não ia. Tivemos quatro anos de atraso. Depois, Samuel vence e briga com Cid o quanto pôde. Perdemos 37 milhões de reais me investimentos. Esse litígio entsamure Crato e o governo não interessa ao Crato.

Foto: Arquivo/Agência Caririceara.com

As informações são de Tasso Araújo / leiasempre.com.br

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-06-20 at 16.09.29

Enquete