Saúde do Crato realiza ações de combate e alerta população sobre prevenção contra dengue, zika e chinkugunia

CRATO Com o início do período chuvoso, a Prefeitura Municipal do Crato, através da Secretaria de Saúde, vem intensificando ações de combate ao mosquito Aedes Aegypti e alerta toda a população acerca dos cuidados necessários para manter longe a ameaça causadora da dengue, zika e chinkugunia.

Os agentes de endemias vêm realizando vistorias diárias em residências, estabelecimentos comerciais e terrenos baldios a fim de eliminar o foco do mosquito e conscientizar a população quanto a importância da prevenção.

“O Combate à Dengue é uma responsabilidade dos órgãos públicos e de toda população O aedes aegypti se reproduz em qualquer lugar que houver condições propícias (água parada limpa ou pouco poluída). A conscientização da população e a tomada de medidas são de fundamental importância para a redução dos focos e consequentemente das doenças” destacou o Secretário de Saúde do Crato, André Barreto.

Vacinação HPV para meninos está disponível nos PSFs do município

JUAZEIRO DO NORTE. A vacina quadrivalente contra HPV começou a ser distribuída, para meninos de 12 e 13 anos. A Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte, através da Coordenação de Imunização, tratou de enviá-las para as salas de vacina do Município, com a finalidade de imunizar cerca de 8 mil adolescentes. A vacina já está disponível nos postos de saúde reestruturados, no Hospital Maria Amélia, Hospital Tasso Jereissati e no Centro de Dermatologia, onde funciona o setor de imunização.

SAMU_DSF611616012017 (Copy)Antes, a vacina contra o vírus HPV só estava disponível para meninas. Para este ano, além da ampliação para os meninos, houve também a modificação na faixa etária para as adolescentes. Meninas de 9 a 14 anos devem tomar as duas doses da vacina para garantir a imunização. Outro detalhe importante, é que para as pessoas com vírus HIV positivo, a faixa etária é mais ampla, de 9 a 26 anos.

Segundo a Coordenadora de imunização, Márcia Rejane, o motivo pelo qual a vacina agora está disponível também para os meninos é que “o vírus HPV é de fácil transmissão, e infelizmente é considerado um problema de saúde pública. 70% dos casos de câncer de colo de útero estão associados ao vírus. Além de 90% dos casos de câncer de pênis, de boca e de orofaringe. Como esses casos estavam aumentando, o Ministério viu a necessidade de começar a vacinar os adolescentes, “ afirma.

Além desta, outra vacina também foi incluída no calendário de vacinação permanente dos adolescentes: a Meningocócica, que está disponível para meninos e meninas, na faixa etária de 12 e 13 anos. Márcia pediu ainda a colaboração dos pais, para que levem os filhos para serem imunizados, e ressaltou ser importante que o adolescente receba a vacina na faixa etária correta e que seja as duas doses, como preconiza o programa nacional de imunização.Com isso, a imunização acontece de forma mais eficaz.

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados