Segundo ciclo do Cine Sesc aposta em filmes voltados para questões sociais

Programação de junho já está disponível gratuitamente na Fecoplay

Já está disponível na Fecoplay, plataforma de streaming gratuita do Sistema Fecomércio-CE, a programação do segundo ciclo do Cine Sesc. Até o dia 30 de junho, o público vai ter a chance de conferir 10 filmes nacionais com enfoque em questões sociais. Um dos destaques desta edição é o curta “A Beleza de Rose” (Livre), do cearense Natal Portela, que foi agraciado como Melhor Roteiro, além de ter recebido o Troféu Samburá Melhor Diretor, na edição de 2020 do Cine Ceará.

Os amantes da sétima arte também terão a oportunidade de conferir o documentário “Luci” (Livre), dirigido por João Carvalho, de Belo Horizonte. De acordo com o cineasta, essa é uma obra sobre memórias, espaços, espiritualidade e política, a partir da trajetória da personagem principal em sua própria moradia. Já o longa “O Valor do Tesouro Perdido” (10 anos), de Jaildo Oliveira, foi inspirando nos contos populares do Cariri.

Outra película que se passa na região do Cariri é “Ôxe” (10 anos), de Daniel Rizzi, que, entre amores, histórias entrelaçadas, fé e cura, mostra com pitadas de humor e drama os encontros que acontecem na terra de Padre Cícero. Também no Cine Sesc de junho está “Antes do Sol” (Livre), de Emmanuel Nogueira. Inspirado no mito de Fedra, o filme reconstitui as categorias do trágico num ambiente sertanejo a partir da história de amor trágico entre Rosália, Malaquias e João.

Para quem gosta de cultura popular, a dica é o filme “Caretas do Alto” (Livre), de Alexia Duarte. Trata-se de uma vivência artística que acontece em Iguatu, onde artistas e agitadores culturais de diversas linguagens se vestem de Caretas na Semana Santa e saem às ruas da cidade mantendo a tradição numa enorme brincadeira.

Além disso, a programação conta ainda com a “Mostra Mulheres – Resistências e Afirmação” (12 anos), composta por quatro curtas exibidos no VIII Mostra Audiovisual Internacional Curta o Gênero. “Pluma Forte”, ‘Hasta el fin del mundo”, “Procuram-se mulheres” e “Mucunã” apresentam um pequeno quadro dos desafios que mulheres negras, indígenas e periféricas enfrentam todos os dias por visibilidade, direito aos seus corpos, a terra, à vida.

SERVIÇO: CineSesc – 2021 | Edição “Social”

Quando: 01 de junho

Onde: Fecoplay – https://bit.ly/3yUYvJh

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Você acha que motoristas alcoolizados devem ser considerados criminosos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados