Senac Ceará abre inscrições para Jornada de Negócios Digitais

A ideia da trilha de formação é conduzir profissionais autônomos ou empresários a comercializar seus produtos e serviços na Internet.

Comparada com a Páscoa anterior, a rede de shoppings Ancar Ivanhoe registrou aumento de 40% no tráfego virtual, no Ceará. Os centros comerciais investiram na divulgação de catálogos com produtos temáticos no site, direcionando o usuário para o Whatsapp das lojas, viabilizando a entrega via delivery ou drive-thru. Esse é apenas um dos exemplos de transformação digital após a pandemia, que levou 92% das empresas a reverem seus modelos de negócios, conforme aponta o estudo da Dell Technologies. Mais de 87% das empresas realizaram alguma ação com foco no e-commerce.

Para acompanhar as transformações do mercado, é preciso investir não só em novas tecnologias, mas em atualizações e aperfeiçoamentos profissionais, alerta a consultora na área de Gestão e Comércio, Cíntia Oliveira. A programação do Senac Ceará tem acompanhado essas mudanças, para qualificar empresários e empreendedores. Em maio, a instituição realiza a segunda edição da Jornada de Negócios Digitais, agora com a oferta dos cursos Iniciando seu comércio eletrônico; Como vender nas redes sociais; e Roteirização de entregas e vendas.

“Os cursos são rápidos e ganham formato de trilha de aprendizagem, em que o aluno vai se desenvolvendo de acordo com a sua disponibilidade de horário e orçamento, podendo comprar os três ou cada um, separadamente”, explica a consultora. A ideia é conduzir os profissionais autônomos e empresários a desenvolver seu negócio em meios digitais, por meio da oferta de produtos e serviços em ambiente virtual, desde o início do processo de venda on-line até a entrega dos produtos.

Tendo à frente os instrutores David Tahim, Joyla Lima e Juliana Carvalho, os cursos seguem uma sequência que aborda desde temas mais básicos da digitalização dos negócios – passando pelo relacionamento com o cliente em sua jornada de compra na internet e entendendo sobre o processo de domínio de ferramentas de impulsionamento orientadas à venda, finalizando com conhecimentos sobre roteirização de entregas e vendas para auxiliar na análise dos custos e tornar o serviço mais rápido e eficaz.

Através de atividades práticas, os participantes do curso entendem quais são as melhores estratégias para a operação de entregas, tanto em relação ao atendimento quanto à independência dos aplicativos, visando ao aumento da qualidade e do lucro, por meio da aproximação com os clientes.

Loja virtual
Veneridiana Valentim de Oliveira é microempreendedora e montou uma loja na sua casa, em Icó, a Vera Presentes. Quando começou a pandemia, ela se viu com bastante produtos estocado e parado, pois não podia realizar nem receber visitas dos clientes. Decidiu fazer o curso Como Vender nas Redes Sociais em 2020 para ter mais um canal de vendas e diz que foi sua “salvação”.
“Eu não sabia como usar a Internet para fechar vendas e esse foi meu objetivo ao me matricular no curso”, lembra. “Hoje, a minha página no Instagram é uma verdadeira loja virtual”, diz orgulhosa. E complementa: “Até vídeos eu faço!”. Vera ressalta que as aulas conduzidas pela instrutora abriram a mente dela como empreendedora para as possibilidades nas plataformas virtuais.

Perfil profissional e credibilidade no mercado
Juliana Araújo é artesã e transformou dons e habilidades em negócios. Criadora da marca Luna Manjari, de arte tecida em nós entrelaçados, ela hoje comercializa sua produção para todo o Brasil. “Eu era totalmente alheia às redes sociais, mas agora faço do Instagram uma vitrine para divulgar e vender minha arte”, conta.
Tudo começou quando ela resolveu se qualificar e investiu no curso remoto Como Vender nas Redes Sociais, que fez parte da primeira edição da Jornada de Negócios Digitais do Senac. “A gente aprende desde a definição do público-alvo e as formas de interação, até as diversas possibilidades das ferramentas disponíveis no Instagram, como os stories e o Reels”, diz.
Além da didática, ela achou interessante a proposta da instrutora Juliana Carvalho de conhecer o perfil dos alunos e trazer para a turma materiais voltados para os seus empreendimentos. “O curso remoto não deixa nada a desejar. Nos sentimos acolhidos e tivemos toda a assistência da instrutora, além disso o conteúdo é muito rico e fica à disposição dos alunos. Eu já fiz três cursos no Senac porque além de adquirir novos conhecimentos, é sempre uma boa experiência”, afirma.
Na prática, Juliana viu o Instagram da sua marca se transformar e as vendas aumentarem. De acordo com a artesão, “a minha página agora é profissional e passa mais credibilidade aos clientes. Para quem está começando, é comum pensar que não vai conseguir assumir o gerenciamento das suas redes sociais, por ser algo novo. Mas a principal contribuição do curso é justamente levar esse conhecimento e dar autonomia para o empreendedor”, garante.

SERVIÇO

Iniciando seu comércio eletrônico (20h/aula)
Início: 03/05
Dias/Horários: De segunda a sexta-feira, das 18h30 às 21h30

Como vender nas redes sociais (20h/aula)
Data: 25/05
Dias/Horários: De segunda a sexta-feira, das 18h30 às 21h30

Roteirização de entregas e vendas (20h/aula)
Data: 14/06
Dias/Horários: De segunda a sexta-feira, das 18h30 às 21h30

Mais informações e inscrições: https://www.ce.senac.br/cursosremotos/

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados