Terapia com ondas de choque no pênis pode curar impotência, sugere estudo

Uma alternativa incomum pode substituir as famosas pílulas azuis no tratamento da disfunção erétil grave. Segundo estudo publicado no periódico científico “Scandinavian Journal of Urology”, pesquisadores usaram uma técnica que consiste em dar choques no pênis com ondas de baixa intensidade para melhorar a circulação sanguínea no órgão sexual. No fim da pesquisa, 57% dos homens submetidos à terapia puderam dispensar o uso de medicamentos para fazer sexo com penetração.

Chamado de “terapia com ondas de choque de baixa intensidade”, o tratamento utiliza um transdutor (aparelho semelhante ao usado em exames de ultrassom) para transmitir a onda eletromagnética ao pênis. Os efeitos da técnica na circulação já haviam sido testados na cardiologia, com o objetivo de induzir o crescimento de vasos sanguíneos.

No experimento, 56 homens fizeram o tratamento por cinco semanas. Segundo os cientistas, “o estudo mostra uma possível cura em alguns pacientes, mas mais pesquisas são necessárias” para confirmar a eficácia da técnica.

Foto: Divulgação

Extra Online

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Você acha que motoristas alcoolizados devem ser considerados criminosos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados