TRE-CE orienta eleitor e disponibiliza formulário de denúncia de propaganda irregular

TRE-CE orienta eleitor e disponibiliza formulario de denuncia de propaganda irregula

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará já disponibilizou em sua página na internet o Formulário Eletrônico de Denúncias s para que o eleitor possa encaminhar denúncia de qualquer tipo de propaganda eleitoral irregular durante a campanha dos candidatos às eleições municipais deste ano.

Medida neste sentido foi tomada pela corregedora regional eleitoral, desembargadora Nailde Pinheiro Nogueira, que assinou na última terça-feira, 2/8, a Portaria CRE-CE nº 4/2016, disponibilizando o formulário de denúncia na internet. “Esta é uma ferramenta a mais, que permite a participação do cidadão no processo eleitoral, colaborando com a fiscalização das possíveis irregularidades na propaganda eleitoral”, afirmou a desembargadora.

Ao formular a denúncia, o eleitor se identificará, fornecendo seus dados, como e-mail e telefone, que, no entanto, serão preservados pela Justiça Eleitoral e não farão parte das representações contra os candidatos.

O formulário contém vários campos obrigatórios, como o tipo da denúncia, município, endereço e data em que a suposta infração foi cometida. O eleitor terá, inclusive, a opção de fazer uma foto da infração e disponibilizar o seu arquivo no formulário. A denúncia será encaminhada automaticamente para o cartório eleitoral competente, que fará a análise da sua procedência, averiguação e, se for o caso, poderá lavrar o auto de infração.

Orientação

Além de estimular a participação do eleitor, o TRE buscará orientá-lo. Para isso, já disponibilizou na internet folder com explicações sobre o que pode e pode e não pode na propaganda eleitoral. Com base nessas informações, o eleitor poderá verificar se a sua denúncia se enquadra no que é proibido pela legislação eleitoral. Ou se é permitido, evitando assim que a denúncia seja formulada.

O eleitor poderá preencher o formulário de qualquer local do Estado do Ceará. Numa eleição municipal, o juiz da zona eleitoral é o responsável pela fiscalização da propaganda no respectivo município. Em Fortaleza, Caucaia, Maracanaú, Sobral e Juazeiro do Norte, que possuem mais de uma zona eleitoral, foi designado pelo TRE o juiz coordenador da propaganda, para quem as denúncias serão encaminhadas. Além disso, o eleitor poderá ligar para os telefones dos cartórios eleitorais para fazer as denúncias.
Estrutura na capital

Na capital, já foi montada a Central da Propaganda Eleitoral e do Poder de Polícia, no Fórum Eleitoral Péricles Ribeiro, na Praia de Iracema, que terá a coordenação da juíza da 82ª Zona Eleitoral, Jane Ruth Maia de Queiroga, com o auxílio dos juízes da 1ª ZE, Francisco Jaime Medeiros Neto, da 116ª ZE, José Krentel Ferreira Filho, e da 117ª ZE, Vilma Freire Belmino Teixeira. Todos atuarão na fiscalização da propaganda. Além dos juízes, a Central da Propaganda contará com 52 servidores, que estarão envolvidos na fiscalização das denúncias recebidas.

O TRE-CE também firmou convênios com a Polícia Militar do Estado do Ceará, Polícia Federal, Autarquia de Trânsito de Fortaleza (AMC) e Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (SEUMA), que darão suporte aos juízes e servidores da Justiça Eleitoral,

disponibilizando policiais e viaturas para acompanhar as equipes de fiscalização, além de equipamentos, como decibelímetros para a medição da propaganda eleitoral sonora.

Além do formulário na internet, em Fortaleza as denúncias de propagandas irregulares poderão ser feitas pelo telefone do Disque Eleitor (148).

Leia também



WhatsApp Image 2022-05-18 at 17.58.45

Enquete