Três homicídios num intervalo de 04 horas registrados em Juazeiro do Norte neste sábado.

Jota Lopes/Agência Caririceara.com

Subiu para sete o número de pessoas assassinadas neste mês de fevereiro em Juazeiro do Norte. Na manhã deste sábado (18) uma briga entre vizinhos no Bairro Juvêncio Santana (Malvas), culminou com um duplo assassinato à golpes de foice em que foram vítimas dois homens. Já no início da tarde outro homem foi executado a pauladas no Tiradentes.

Por volta das 10h30min na rua João Rocha 126, próximo a rua Pedro Cruz Sampaio o aposentado Antonio Romão de Araújo, 74 anos de idade que residia naquela rua número 55 se envolveu numa discussão com seu vizinho, Jack Rubens da Silva, de 49 anos chegando a entrarem em vias de fato. Na ocasião o agricultor Joaquim Nascimento dos Anjos de 54 anos chegava a casa onde morava levando uma foice e ao perceber a confusão, encostou a ferramenta num canto de parede indo tentar apaziguar os anônimos.

De acordo com informações de populares, um filho de Jack de nome Alexsandro Xavier da Silva, 20 anos de idade, mais conhecido por “Alex” se apoderou da foice e golpeou o desafeto do seu genitor e Joaquim Nascimento na cabeça que morreram no local. Durante a confusão Jack e “Alex” também feridos, e evadiram-se numa moto marca/modelo Honda/POP 110I, de cor vermelha ano/ modelo de fabricação 2016 /2017 de placa PNL-7291 indo a procura de socorro medico na Unidade de Pronto Atendimento –UPA do Limoeiro onde confessarem o crime.

Os dois receberam voz de prisão pelo policiamento de serviço naquela unidade de saúde, e “Alex” após ser medicado foi conduzido a 20ª DRPC enquanto seu pai foi transferido ao Hospital Regional do Cariri onde ficou sob escolta policial.

O terceiro homicídio ocorreu por volta das 14 horas na rua Marechal Rondon 140, Bairro Tiradentes. O arbitro de futebol amador de Juazeiro Norte, José Hamilton da Silva, de 52 anos, morreu ao ser agredido à pauladas. Ele residia na rua José Gonçalves de Almeida, 636 naquele bairro. Uma equipe do Samu ainda foi acionada para socorrer a vítima, mas os socorristas ao chegarem, apenas constaram o óbito.

Segundo a polícia, foi apurado junto a populares que homicídio teria sido uma represália contra José Hamilton pela pratica de alguns estupros ocorridos no bairro Tiradentes em que ele era apontador como autor. Os acusados foram identificados como sendo, Francisco Adriano da Silva, 28 anos, residente no bairro Novo Juazeiro e Paulo Fred da Silva, 38 anos. Os dois homens foram localizados e conduzidos a 20ª DRPC para que a Autoridade policial tomasse as providências cabíveis

Leia também



PATOM

Enquete