Urca acata pedido do MP e suspende concurso

Crato. O concurso para professor assistente e substituto, em diversas áreas da Universidade Regional do Cariri (Urca), realizado no último dia 28 de junho, está suspenso. O certamente foi alvo de denúncia de irregularidades por parte dos candidatos. A decisão atende uma recomendação do Ministério Público e foi posta em vigor, pelo reitor em exercício da unidade educacional, Professor Francisco do O´de Lima Júnior, na última semana.

De acordo com o promotor Rangel Bento Araruna, o MP investiga diversas possíveis irregularidades no certamente, dentre as quais a falta de transparência por parte das bancas examinadores, não divulgação das notas, inexistência de espelho das provas e até ligação de avaliadores com candidatos que foram aprovados nas primeiras fases.

“Detectamos ausência de publicidade das bancas examinadoras já que não foram publicadas no diário oficial; ausência de suplentes nas referidas bancas como determina a própria resolução da URCA; ausência de prazo para recursos, já que as provas foram realizadas em um intervalo de tempo de apenas um dia, sem tempo hábil para que os candidatos recorressem”, pontuou Rangel. Todos esses elementos fizeram o MP ingressar com o ação cautelar para suspender o concurso ate a apuração das referidas irregularidades.

Candidatos denunciam irregularidades em concurso para professor da URCA
A universidade tem, a partir de hoje (25), prazo de até cinco dias para justificar porque o certame deve ser mantido. De acordo com Francisco do O´, “a URCA irá recorrer de alguns pontos e entregaremos ao MP a peça que constitui a resposta da liminar antes mesmo do prazo estipulado”.

Ainda de acordo com o reitor, as áreas de Assistência em Enfermagem (Assistente) e Botânica (Assistente), que tiveram as etapas 1, 2, 3 anuladas, mesmo antes da recomendação do MP, permanecem canceladas, porém, ainda sem data para as novas provas.

“Essas duas áreas decidimos cancelar por termos detectado algumas incongruências. Portanto, pelo excesso de selo, pela lisura do processo e como preconiza as normas, optamos por anular”, acrescentou Francisco do O´.

Fique por dentro
O certame, realizado no último dia 28 de junho, foi alvo de inúmeras denúncias de irregularidades. Mais de 40 candidatos recorreram aos promotores de justiça da Comarca do Crato pedindo providências e até sugerindo o cancelamento do certame. O concurso que contou com mais de 1.700 inscritos para preenchimento de 42 vagas para professor auxiliar, assistente e adjunto da Urca
.

Blog Diário Cariri

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Você acha que motoristas alcoolizados devem ser considerados criminosos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados