Últimas notícias
latest

Corpos encontrados em Aurora e Crato levantam suspeitas e demandam investigação

FOTO: ARQUIVO


Agência Caririceara.com
Redação


Nesta sexta-feira (29), dois achados de cadáveres foi registrados pela policia nas cidades de Aurora e Crato, ambas localizadas na região do Cariri.

Por volta das 09h40, no Sítio Vargem de Contas, em Aurora, dois senhores, de 45 e 58 anos, enquanto verificavam um cercado e um rebanho de gado de propriedade familiar, se depararam com um corpo do sexo masculino em avançado estado de decomposição. O achado os levou imediatamente a procurar a Polícia Militar local para relatar o ocorrido.

Uma equipe policial dirigiu-se ao local, constatando que o cadáver encontrava-se em acelerado estado de putrefação, sugerindo que o óbito havia ocorrido há vários dias. A Perícia Forense foi acionada para investigar o caso mais a fundo, identificando uma perfuração no corpo da vítima. No entanto, devido ao estado lastimável de decomposição, não foi possível determinar a causa mortis no local, sendo necessária uma investigação mais detalhada no Núcleo de Ciências Forenses Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte.

Paralelamente, a polícia relembrou um caso ocorrido no dia 24 deste mês de março, onde Cícero Rogério da Silva, conhecido como “Nena”, de 39 anos, residente em Juazeiro do Norte, havia desaparecido após sair para comprar lanche em Aurora, onde acompanhava um paciente no Hospital Ignez Andreazza. Sua família, desesperada, distribuiu cartazes com sua foto e informações de contato. Ao serem contatados pela polícia sobre o achado do corpo, uma irmã de "Nena" reconheceu características físicas e tatuagens que correspondiam às de seu irmão desaparecido, levando a crer que o corpo encontrado poderia ser o dele. A família foi orientada a comparecer à PEFOCE em Juazeiro do Norte para a identificação oficial e procedimentos legais.

Enquanto isso, em Crato, um outro cenário triste se desenrolava. A Polícia Militar foi chamada para atender a uma ocorrência de achado de um cadáver na Rua Padre Ibiapina, 926, bairro Alto da Penha, onde foi confirmado o óbito de Francisco Fernandes de Oliveira, um senhor idoso. Segundo relatos familiares, Francisco era um usuário de bebidas alcoólicas. Não foram encontrados sinais de arrombamento ou lesões aparentes em seu corpo, o que levanta a possibilidade de morte natural


« ANTERIOR
PRÓXIMA »

Nenhum comentário